Barein chama embaixador na Síria para consulta

O Barein chamou de volta seu embaixador na Síria para consultas, informou o ministro de Relações Exteriores do reino nesta segunda-feira, aumentando o coro de críticas vindas de países do Golfo Árabe.

REUTERS

08 de agosto de 2011 | 10h39

"Decidimos convocar nosso embaixador para a Síria para consultas e enfatizamos a importância de agir sabiamente", disse o xeque Khaled al-Khalifa, em mensagem no Twitter.

A decisão segue atos similares do Kuwait e da Arábia Saudita. O rei saudita Abdullah não só convocou seu embaixador na Síria como pediu o fim da repressão sangrenta do governo sírio aos protestos que já duram quase cinco meses.

(Texto de Amran Abocar)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIABAREINEMBAIXADOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.