Bin Laden é o 'Che Guevara da Al-Qaeda', diz inteligência alemã

Chefe do serviço secreto afirma que terrorista não arquiteta mais ataques, mas permanece como um 'ícone'

Associated Press,

04 de agosto de 2008 | 18h00

Osama bin Laden não está mais planejando ataques pessoalmente, mas continua como o "Che Guevara da Al-Qaeda", que ajuda a manter a rede do terrorismo unida, afirmou o chefe da inteligência alemã em entrevista divulgada nesta segunda-feira, 4.   Veja também: Al-Qaeda confirma morte de 4 comandantes do grupo   Acredita-se que Bin Laden esteja escondido entre a fronteira do Paquistão com o Afeganistão, suspeita que Ernst Uhrlau, chefe do Serviço de Inteligência Federal, enfatizou ao jornal alemão Bild.   "Como diretor criativo e ícone, ele permanece como algo parecido ao Che Guevara da Al-Qaeda", afirmou, fazendo referência ao revolucionário cubano que se tornou um símbolo mundial de rebeldia. "Certamente, ele não planeja mais ataques pessoalmente", acrescentou o alemão. "Para a rede interna do terror, isso é o bastante para diferentes grupos convocá-lo."   Uhrlau destacou que "até onde nós sabemos", o terrorista continua entre a fronteira do Afeganistão com o Paquistão. "Aparentemente, ele está com tribos amigas sob uma regra básica irrevogável: não entregar o visitante", conclui.

Tudo o que sabemos sobre:
Osama bin LadenAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.