Bin Laden fará mensagem agressiva aos islâmicos, diz Al-Qaeda

Braço midiático da organização anuncia novo comunicado do líder do grupo para os próximos dias

Agências internacionais,

18 de maio de 2008 | 10h13

O braço midiático da Al-Qaeda anunciou neste domingo, 18, que o líder do grupo, Osama bin Laden, dirigirá em breve uma mensagem "muito agressiva" ao mundo islâmico. A informação foi divulgada no site Al-Sahab, bastante usados pelos militantes.   Veja também:  Bin Laden diz que lutará contra Israel até libertar a Palestina   A nova mensagem de bin Laden foi anunciada dias depois de outra gravação, divulgada pelo grupo nesta semana, para marcar o aniversário de 60 anos da fundação de Israel. No áudio, o líder da Al-Qaeda afirma que lutará contra o Estado judeu e seus aliados até libertar a Palestina.   As mensagens da Al-Qaeda costumam aparecer cerca de 72 horas após o anúncio. Esta será a quarta comunicação do grupo divulgada neste ano. Além do áudio sobre Israel, a última gravação foi transmitida pela rede de televisão catariana Al Jazira em 20 de março. Nela, Bin Laden pedia aos palestinos para resistir até a morte e criticava a conferência de paz de Annapolis (EUA). Essa gravação de áudio foi divulgada um dia depois que, em outra mensagem disponibilizada em um site, o líder da Al-Qaeda ameaçou a União Européia (UE) por sua postura na "crise das charges" do profeta Maomé e por seguir a política americana.

Tudo o que sabemos sobre:
Osama bin LadenAl-Qaeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.