Bin Laden pede união de insurgentes no Iraque

Osama bin Laden pediu a união de forçasdos grupos insurgentes no Iraque, de acordo com uma gravação deáudio transmitida pela rede de TV Al Jazeera nestasegunda-feira. "O interesse da nação islâmica ultrapassa aquele de umgrupo... o interesse da nação (islâmica) é mais importante doque o de um Estado", disse o orador que parecia ser o líder daAl Qaeda. "A força da fé está na força do laço entre muçulmanos e nãode uma tribo, nacionalismo ou uma organização", acrescentou. "Eu aconselho... nossos irmãos, particularmente aqueles naAl Qaeda aonde quer que estejam, a evitar seguirem de formafanática uma pessoa ou grupo." Não estava claro, pelo menos da parte da fita que foi aoar, quando a mensagem foi gravada. O orador também alertou contra tentativas do inimigo decolocar grupos diferentes em lados opostos ao inserir agentesneles para semear discórdia. A Al Qaeda é um dos principais grupos enfrentando forçaslideradas pelos Estados Unidos no Iraque. Alguns grupos sunitasjuntaram forças com a organização e estabeleceram o chamadoEstado Islâmico no Iraque, mas outros grupos rejeitaram esseposicionamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.