Bomba mata cinco soldados americanos no Iraque

Comboio em que militares dos EUA é atingido durante viagem; número de baixas desde 2003 chega a 3.934

Efe,

28 de janeiro de 2008 | 13h41

Cinco soldados americanos morreram nesta segunda-feira, 28, após a explosão de uma bomba durante a passagem de uma patrulha em Mossul, capital da província de Ninawa, cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informou o comando americano. Após o atentado, que aconteceu no sul da cidade, os militares foram atacados com armas de fogo por um grupo de homens, diz um comunicado do Exército americano. O atentado aconteceu um dia após o comando americano anunciar que um de seus soldados foi morto no domingo pela detonação de uma bomba durante a passagem do veículo em que estava, no nordeste de Bagdá. Além disso, um soldado americano morreu no sábado passado em um ataque similar, que aconteceu no bairro de maioria xiita de Kadhimiya, no leste da capital iraquiana. Com as cinco novas baixas mortais desta segunda, chega a 3.934 o número de militares norte-americanos mortos no Iraque, desde que a coalizão multinacional invadiu e ocupou o país árabe, em março de 2003.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.