Bomba mata duas crianças no oeste do Paquistão

Por enquanto, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque

Efe

05 de junho de 2008 | 05h06

Uma bomba que explodiu nesta quinta-feira em uma linha de trem nos arredores da cidade de Quetta, no oeste do Paquistão, causou a morte de duas crianças, informou uma fonte policial. A explosão ocorreu na zona de Saryab, e deixou a capital da região do Baluchistão incomunicável por ferrovia, segundo a fonte.   As autoridades asseguraram que consertarão rapidamente os trilhos danificados, para que o serviço possa ser retomado nas próximas horas.   Por enquanto, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. As explosões e ataques são constantes nesta província, onde vários grupos insurgentes, como o Exército de Libertação do Baluchistão, operam de maneira habitual.   Esse grupo nacionalista luta desde 2000 pela independência da região, cujo território é repartido entre Paquistão, Afeganistão e Irã.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãobombaterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.