Bombardeio contra festa de casamento deixa 20 mortos no Iêmen

O ataque teria sido realizado pela coalizão árabe; entre as vítimas estão mulheres e crianças

EFE

23 Abril 2018 | 04h28

SANA - Pelo menos 20 pessoas morreram e 30 ficaram feridas por bombardeios da coalizão árabe, capitaneada pela Arábia Saudita, contra um casamento realizado noite de domingo, 22, na província de Haja, no extremo noroeste do país, disseram hoje fontes médicas.

+++ Para encerrar a guerra no Iêmen

O casamento aconteceu na aldeia de Al Raqqa, na área de Beni Qais, perto da fronteira com a Arábia Saudita, segundo informaram as fontes.

A fonte afirmou que foram feitas duas incursões de aviões de guerra contra o local no qual se realizava o casamento, causando a morte de pelo menos 20 pessoas, entre eles mulheres e crianças. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.