Bombas deixam 21 mortos em restaurantes de Bagdá

Uma série de bombas contra restaurantes em toda cidade de Bagdá matou pelo menos 21 pessoas nesta terça-feira, informaram médicos e a polícia.

REUTERS

21 de outubro de 2014 | 15h00

A capital iraquiana tem sido alvo de uma onda de ataques no último mês, a maioria reivindicado por militantes do Estado islâmico, que tomaram grandes partes do Iraque e da vizinha Síria.

Doze pessoas morreram no distrito de Talibiya, norte de Bagdá, quando um carro-bomba explodiu em frente a um restaurante e outro no estacionamento.

Uma bomba caseira explodiu perto de um restaurante no bairro Sheikh Omar, em Bagdá, matando dois civis, e mais duas explosões perto de restaurantes no sul da capital deixaram mais sete pessoas mortas, segundo fontes médicas e da polícia.

Militantes do Estado Islâmico se dirigiram em direção a Bagdá em junho, depois de tomarem a cidade de Mosul, mas não capturaram a capital.

(Por Isabel Coles)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEBOMBASRESTAURANTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.