Ahmed Saad / Reuters
Ahmed Saad / Reuters

Bombas matam 12 no centro de Bagdá, dizem fontes de segurança

Uma primeira explosão no distrito de Bab al-Sharqi foi seguida pela detonação de um carro-bomba; 30 pessoas se feriram

O Estado de S. Paulo

30 de janeiro de 2015 | 08h18

BAGDÁ -Ao menos 12 civis foram mortos na manhã desta sexta-feira, 30, em razão de explosões de duas bombas no centro de Bagdá, disseram fontes de segurança.

Uma primeira explosão no distrito de Bab al-Sharqi foi seguida pela detonação de um carro-bomba, segundo as fontes. Pelo menos 30 pessoas também ficaram feridas no ataque.

A área abriga um grande mercado e fica na margem do rio Tigres e perto da Zona Verde, região que abriga a maioria dos prédios do governo.

Bombas são frequentes em Bagdá, onde insurgentes sunitas do Estado Islâmico, que controla grandes partes do território iraquiano no norte e oeste, regularmente ataca bairros xiitas com carros-bombas.

Na quinta-feira, ao menos 21 pessoas foram mortas em ataques a bomba em cinco localidades diferentes e num ataque a tiros nos arredores de Bagdá. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.