Britânicos protestam contra guerras no Iraque e Afeganistão

Milhares de manifestantes realizaram umamarcha neste sábado na Grã-Bretanha para lembrar o quinto anodo início da guerra no Iraque. Eles tomaram as ruas de Londres e de Glasgow, na Escócia,exigindo que as tropas britânicas deixem o Iraque e oAfeganistão. O porta-voz da coalizão Parem a Guerra, que organizou asmarchas, afirmou que cinco anos depois da invasão no Iraque omundo se tornou um "lugar muito mais perigoso". "Estimativas sugerem que cerca de 1 milhão de pessoasmorreram como resultado da ocupação no Iraque", afirmou PaulCollins. Ele disse que o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown,está enviando mais tropas para o Afeganistão e disse a guerranesse país está se tornando um desastre, a exemplo do conflitono Iraque. Mas o Departamento de Relações Exteriores do país afirmouque há evidências de que estão sendo feitos progressos noIraque, particularmente em termos de segurança. (Reportagem de Paul Majendie)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.