Bush diz ser possível diminuir tropas dos EUA no Iraque

O presidente dosEstados Unidos, George W. Bush, afirmou nesta segunda-feira quesuas principais autoridades no Iraque lhe disseram que o atualnível de segurança no Iraque pode ser mantido com menos tropasse o sucesso continuar. Bush afirmou, porém, que qualquer redução será baseada emuma avaliação tranquila e "não numa reação nervosa" depolíticos em Washington. O presidente dos EUA falou a tropas norte-americanasdurante uma visita surpresa a uma base aérea na província deAnbar, oeste do Iraque. Ele afirmou que a violência havia caído na região apóslíderes sunitas locais terem se voltado contra militantes da AlQaeda. Bush tem um encontro com o alto comandante dos EUA noIraque, o general David Petraeus, e com o embaixadornorte-americano no Iraque, Ryan Crocker, para uma avaliação daguerra. Dentro de uma semana, as duas autoridades irão apresentarao Congresso norte-americano uma avaliação que poderáinfluenciar o futuro da guerra. O presidente tem sinalizado que quer manter tropas em Bagdáe Anbar por enquanto, embora seus mais recentes comentáriostenham indicado que pode abrir espaço para alguns ajustes. "O general Petraeus e o embaixador Crocker me falaram quese o tipo de sucesso que estamos vendo continuar, será possívelmanter o mesmo nível de segurança com menos forçasnorte-americanas", disse Bush. Mas ele alertou para que parlamentares não tirem conclusõesprecipitadas antes do relatório da semana que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.