Bush faz visita de despedida ao Iraque

O presidente norte-americano George W. Bush fez uma visita de despedida inesperada a Bagdá neste domingo, semanas antes de deixar o posto e a impopular guerra do Iraque para o presidente eleito Barack Obama. Depois de deixar a Casa Branca no final de semana, Bush voou secretamente para a capital do Iraque para conversas com o primeiro ministro Nuri al-Maliki. "Bush veio para encontrar líderes iraquianos, agradecer as tropas e celebrar o novo acordo de segurança", disse um oficial da Casa Branca. Ele chegou de helicóptero no palácio presidencial para conversas com o presidente Jalal Talabani e seus dois vice-presidentes. A viagem de Bush, a quarta ao Iraque desde a invasão norte-americana em 2003, se segue a uma aprovação a um pacto de segurança entre Washington e Bagdá no mês passado que pavimentou o caminho para que as forças armadas dos Estados Unidos deixem o país até o final de 2011. A breve visita pode ser um marketing dos ganhos em termos de segurança, mas também mostra o peso da decisão pela guerra no legado do presidente republicano. A guerra do Iraque deixou de ser a maior preocupação dos norte-americanos, com o avanço da recessão econômica, mas pesquisas mostram que a maioria das pessoas considera a guerra um erro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.