Carro-bomba atinge posto de combustível em Damasco e 11 morrem

Pelo menos 11 pessoas morreram e 40 ficaram feridas quando um carro-bomba explodiu nesta quinta-feira num posto de combustível em Damasco, capital da Síria, disseram ativistas da oposição.

Reuters

03 de janeiro de 2013 | 21h09

A explosão aconteceu no distrito de Barzeh al-Balad, cujos moradores são compostos de uma mistura da maioria muçulmana sunita e de várias outras religiões e minorias étnicas.

A emissora de TV semioficial al-Ikhbariya mostrou imagens de 10 corpos carbonizados e funcionários do Crescente Vermelho buscando vítimas no local.

Não havia indicação imediata sobre o responsável do ataque.

Um ativista que mora na área disse ter visto ambulâncias carregando corpos carbonizados e pessoas feridas com várias queimaduras antes de ele deixar o posto de combustível a pedido das forças de segurança.

"O posto fica normalmente lotado mesmo quando não tem combustível. Há muitas pessoas que dormem lá à noite, à espera das entregas de combustíveis de manhã", disse o ativista, que não quis ser identificado.

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIABOMBADAMASCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.