Carro-bomba deixa 18 mortos e dezenas de feridos na Síria, diz ONG

Ao menos 18 pessoas, incluindo mulheres e crianças, foram mortas nesta quinta-feira na explosão de um carro-bomba perto de uma escola no vilarejo de Al-Kafat, na região central da Síria, disse um grupo de monitoramento da violência no país.

Reuters

09 de janeiro de 2014 | 12h19

O número de mortos deve subir, uma vez que alguns entre os vários feridos ficaram em estado grave, disse o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, organização com sede na Grã-Bretanha.

Al-Kafat, na província de Hama, é a principal localidade da minoria muçulmana xiita ismaili. Os rebeldes que lutam para derrubar o presidente sírio, Bashar al-Assad, um alauíta, são na maioria sunitas.

(Reportagem de Alexander Dziadosz)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIACARROBOMBAEXPLOSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.