Carro-bomba deixa pelo menos 22 mortos e 54 feridos em Bagdá

Um carro-bomba causou a morte no sábado de pelo menos 22 pessoas e deixou outras 54 feridas em um terminal de ônibus em Bagdá, disse um funcionário de segurança. O ataque ocorreu no distrito de Kadhimiya, no noroeste de Bagdá, onde pessoas frequentemente se reúnem para ir a uma importante mesquita aos sábados, disse o major-general Qassim Moussawi, porta-voz das operações de segurança em Bagdá. O Exército dos Estados Unidos informou que a explosão ocorreu pouco depois do meio-dia. Mulheres e crianças estavam entre os mortos, disse a polícia. O nível de violência tem caído drasticamente no Iraque durante este ano, mas carros-bomba, assassinatos e outros ataques ainda ocorrem na capital e em outros pontos do país. Em 17 de dezembro, sucessivos ataques com bombas no centro de Bagdá causaram a morte de 18 pessoas e feriram outras 50.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.