Carro-bomba explode perto de terminal de ônibus no Iraque

Atentado mata pelo menos oito e fere outras 28 no norte do país; até 25 lojas foram destruidas

Reuters,

28 de outubro de 2007 | 12h47

Um carro-bomba explodiu fora de um terminal de ônibus da cidade iraquiana de Kirkuk, neste domingo. O ataque matou pelo menos oito pessoas e incendiou lojas e carros na região, informou a polícia. Um representante da polícia disse que 28 pessoas ficaram feridas. Cerca de 25 lojas e 10 carros foram destruídos na explosão ocorrida na região curda de al-Haseer, em Kirkuk, norte do Iraque. O terminal é o local de partida de ônibus que rumam para as cidades de Sulaimaniya, Mosul e Arbil, no norte do país. Kirkuk, que está sobre os campos iraquianos de petróleo do norte do país, é disputada por curdos, turcos e árabes xiitas e sunitas. Os curdos querem que a cidade seja incorporada em sua região autônoma do Curdistão, mas os residentes árabes querem que ela continue sob a autoridade do governo de Bagdá. Analistas alertaram para a ocorrência de um banho de sangue a menos que a comunidade internacional e o governo iraquiano preste mais apoio para o fim da disputa pela cidade. O chefe da polícia de Kirkuk escapou de um ataque com carro-bomba no início deste mês que matou sete pessoas e deixou 50 feridos.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.