Carro-bomba mata 4 e fere 10 em Bagdá

Um carro-bomba explodiu na quinta-feira perto de uma patrulha militar iraquiana em Bagdá, deixando 4 mortos e 10 feridos, segundo uma fonte do Ministério do Interior.

REUTERS

10 de junho de 2010 | 17h57

O ataque ocorreu no bairro sunita de Amiriya. Entre as vítimas há soldados, civis e membros da milícia pró-governo Sahwa, composta por ex-insurgentes sunitas, segundo essa fonte.

A violência sectária no Iraque diminuiu em relação ao seu auge, em 2006-07, mas atentados têm sido comuns em meio à incerteza política dos últimos dois meses, quando várias facções tentam formar o governo após uma inconclusiva eleição parlamentar. O novo Parlamento entra em sessão na segunda-feira, mesmo sem um novo gabinete.

O partido multissectário Iraqiya, do ex-premiê Iyad Allawi, foi o mais votado. Mas dois blocos xiitas - o do primeiro-ministro Nuri al Maliki e do clérigo radical Moqatada al Sadr - podem se unir numa coalizão.

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEBAGDAATENTADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.