Reuters
Reuters

Carro-bomba mata 5 e deixa 21 feridos no Iraque

Explosão aconteceu próxima à sede do partido sunita; é o segundo ataque da semana na província de Anbar

Reuters,

25 de julho de 2009 | 11h31

A explosão de um carro-bomba na cidade de Falluja, no oeste do Iraque, deixou cinco pessoas mortas e outras 21 feridas neste sábado, 25, de acordo com uma fonte do Ministério do Interior do país.

 

A fonte disse que o veículo explodiu próximo aos escritórios do Partido Islâmico do Iraque, a principal força política no Parlamento representando a minoria sunita. A polícia local disse anteriormente que houve duas explosões que teriam matado duas e feridos outras 21 pessoas.

 

Segundo a polícia, a primeira explosão teria sido de um caminhão carregado de explosivos, e a segunda bomba teria explodido em um carro estacionado na rua que vai da sede do partido ao hospital local. As estradas para entrar na cidade foram bloqueadas e os veículos fora proibidos de sair nas ruas.

 

A província de Anbar, onde fica Falluja, esteve relativamente em paz desde que os líderes tribais sunitas se tornaram em 2006 grupos extremistas como a Al Qaeda, que já dominou a província. A violência, entretanto, parece ter voltado à região nas últimas semanas.

 

Na terça-feira, autoridades iraquianas declararam a proibição do tráfego de veículos em Anbar depois que dois ataques à bomba mataram três pessoas na capital provincial, Ramadi. Um dia antes, um explosão matou dois policiais.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraquecarro-bombaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.