Centenas ocupam rádio na Indonésia em protesto contra Israel

A maioria dos manifestantes são membros da Associação de Estudantes Islâmicos da Indonésia

EFE,

30 de dezembro de 2008 | 04h52

Centenas de manifestantes ocuparam nesta terça-feira, a emissora estatal "Rádio Indonésia", na cidade de Semarang, na região central de Java, em protesto pela ofensiva militar lançada por Israel na Faixa de Gaza. Os manifestantes, a maioria membros da Associação de Estudantes Islâmicos da Indonésia, obrigaram a direção da emissora a transmitir suas mensagens contra o Governo israelense, após assumirem o controle dos estúdios. Durante a transmissão, os manifestantes também pediram ao Governo do presidente Susilo Bambang Yudhoyono esforços para ajudar a população palestina de Gaza. A ocupação da emissora em Semarang seguiu às manifestações realizadas ao longo da segunda-feira em Jacarta e outras cidades da Indonésia, país muçulmano mais povoado do mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
MANIFESTAÇÃO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.