Cessar-fogo é estendido por 24 horas no Líbano, dizem mediadores

Um cessar-fogo entre o Exército libanês e militantes islamitas que entraram em confronto perto da fronteira com a Síria foi estendido nesta quarta-feira por 24 horas, disseram os clérigos muçulmanos que mediaram as negociações.

REUTERS

06 de agosto de 2014 | 13h32

Em uma coletiva de imprensa transmitida pela TV, eles também disseram que três soldados libaneses que capturados por militantes foram liberados, e que os militantes começaram a se retirar da cidade fronteiriça de Arsal.

Os clérigos afirmaram também que iriam começar a negociação pela libertação de membros das forças de segurança --10 soldados e 17 policiais -- que ainda são mantidos como reféns na cidade.

(Texto de Tom Perry)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBANOCESSARFOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.