Cessar-fogo não muda ameaça na Líbia, diz França

A França disse que segue cautelosa depois que o governo de Muammar Gaddafi anunciou um cessar-fogo nesta sexta-feira, e afirmou que a ameaça no terreno não mudou na Líbia.

REUTERS

18 de março de 2011 | 10h24

"Precisamos ser muito cautelosos. Ele (Gaddafi) agora está começando a ficar com medo, mas no terreno a ameaça ainda não mudou", disse o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Bernard Valero à Reuters TV.

(Reportagem de John Irish)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIAFRANCAAMEACA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.