Chanceler do Iraque pede apoio global para enfrentar Estado Islâmico

O ministro das Relações Exteriores do Iraque, Hoshiyar Zebari, fez um apelo à comunidade internacional nesta quarta-feira pedindo apoio ao país contra militantes do Estado Islâmico, depois que o grupo radical divulgou um vídeo supostamente mostrando a decapitação de um jornalista norte-americano sequestrado na Síria.

REUTERS

20 de agosto de 2014 | 07h45

Zebari disse à Reuters que o Estado Islâmico é uma ameaça ao mundo, não apenas às minorias étnicas do Iraque cujos membros foram mortos nos últimos avanços do grupo pelo norte do país.

(Reportagem de Michael Georgy)

Tudo o que sabemos sobre:
IRAQUEESTADOISLAMICOCHANCELERAPOIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.