Ronald Zak/AP
Ronald Zak/AP

Chefe da agência nuclear da ONU acredita em acordo com Irã

Yukiya Amano demonstrou confiança após participar de uma rara negociação em Teerã

REUTERS

22 Maio 2012 | 07h42

VIENA - O chefe da agência nuclear da ONU, Yukiya Amano, disse nesta terça-feira, 22, que espera assinar um acordo em breve com o Irã sobre a cooperação da República Islâmica com uma investigação sobre suas polêmicas atividades nucleares, apesar de ainda existirem diferenças.

Amano, diretor da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), demonstrou confiança em chegar a um acordo um dia após participar de uma rara negociação em Teerã e um dia antes do encontro do Irã com seis potências mundiais para conversas mais amplas sobre o programa nuclear iraniano.

Amano, que busca um acordo que dê a seus inspetores acesso livre para investigar as suspeitas ocidentais de que o Irã busca construir um arsenal nuclear, descreveu o resultado de suas reuniões como um "progresso importante".

Ele afirmou que "algumas diferenças" permanecem mas que o negociador nuclear iraniano Saeed Jalili garantiu que elas não seriam um obstáculo para se chegar a um acordo.

Na quarta-feira, Jalili vai se reunir em Bagdá com autoridades das seis potências mundiais envolvidas nos esforços para tentar resolver pacificamente a disputa nuclear com o Irã.

"Nós entendemos melhor um a posição do outro", disse Amano sobre as conversas com Jalili e outras autoridades iranianas.

Ele disse que levantou a necessidade de acesso ao local militar de Parchin --uma prioridade da AIEA-- e que isso seria parte de um eventual acordo.

Mais conteúdo sobre:
IRÃ NUCLEAR AIEA ACORDO LOGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.