Choque de helicópteros mata 4 soldados dos EUA no Iraque

Comunicado do Exército americano afirma que acidente não parece ter sido provocado por inimigos

Associated Press e Reuters,

26 de janeiro de 2009 | 09h10

Dois helicópteros dos Estados Unidos colidiram no norte do Iraque, matando quatro soldados norte-americanos, segundo o Exército dos EUA afirmou nesta segunda-feira, 26. Os militares informaram que o fato ocorreu por volta das 2h15 (hora local) e "não parecia ser uma ação inimiga".   Não foi informada a localização exata do incidente. Segundo funcionários iraquianos, o choque ocorreu 30 quilômetros a oeste de Kirkuk, localizada 290 quilômetros ao norte de Bagdá. Os funcionários falaram sob condição de anonimato. O major Derrick Cheng, um porta-voz das forças norte-americanas no norte do Iraque, disse que todas as vítimas eram iraquianas.   Acidentes aéreos têm sido frequentes no Iraque, ainda que em número pequeno. Em novembro, um avião civil de carga caio no oeste do país, causando a morte dos sete tripulantes. Outros sete soldados morreram quando um helicóptero de transporte caiu no sul do Iraque em setembro.   As mortes de soldados norte-americanos chegaram a pelo menos 4.236, desde a invasão em março de 2003, segundo um levantamento da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.