Choque entre tropas turcas e forças curdas preocupa Iraque

Combates podem ter conseqüências 'graves' para região considerada estável se comparada ao resto do país

MOHAMMED ABBAS, REUTERS

25 de fevereiro de 2008 | 09h56

O Iraque teme que uma prolongada incursão da Turquia no norte do país possa provocar confrontos entre tropas turcas e forças de segurança curdo-iraquianas, disse nesta segunda-feira, 25, o assessor de segurança nacional iraquiano. De acordo com Mowaffaq al-Rubaie, os combates podem ter "consequências muito graves para uma parte do Iraque que tem sido relativamente estável se comparada com o resto do país". Na quinta-feira, a Turquia lançou uma operação terrestre em uma remota parte da região quase autônoma do Curdistão, a fim de procurar rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK). O país acusa os rebeldes de usar a área como base de lançamento de ataques dentro da Turquia. "Quanto mais os soldados turcos ficarem dentro do Iraque, há mais chances de isso (confrontos) acontecer", afirmou Rubaie a repórteres em Bagdá. "Temos que evitar choques a qualquer custo." Um oficial curdo disse que tropas turcas e rebeldes curdos tiveram combates durante a noite na área de Amadiya, cerca de 10 km ao sul da fronteira, mas acrescentou que nesta segunda a situação parece calma.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueTurquiaPKK

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.