Cinco mortos em ataque com mísseis contra zona de talebans

O ataque aconteceu na noite de quarta-feira na área de Miranshahno, no noroeste do Paquistão

Efe

15 de outubro de 2009 | 05h39

Pelo menos cinco pessoas morreram e sete ficaram feridas em um ataque com mísseis supostamente perpetrado por aviões não tripulados dos Estados Unidos no noroeste do Paquistão, informaram distintas fontes ao canal Geo TV.

 

O ataque aconteceu na noite de quarta-feira na área de Miranshah, no Waziristão do Norte, que faz fronteira com o Afeganistão e é um dos principais redutos dos talebans e a organização Al-Qaeda no Paquistão.

 

De acordo com testemunhas citadas pela emissora de televisão, o avião lançou três projéteis sobre Miranshah, onde vários aviões ainda continuariam sobrevoando após o ataque.

 

A frequência deste tipo de ações aumentou nos últimos meses,desde que em junho o Exército paquistanês anunciou uma grande ofensiva no Waziristão, que ainda não foi posta em prática.

 

As autoridades do Paquistão rejeitam os bombardeios americanos, mas segundo fontes tanto paquistaneses como dos EUA, os ataques dos aviões espiões contam com o consentimento de Islamabad, cujos serviços secretos compartilham informação com os americanos.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.