Cinco pessoas morrem em ataque com mísseis no Paquistão

Segundo fonte oficiais, o local onde teria acontecido o bombardeo servia de base do grupo rebelde Haqqani

Efe,

30 de janeiro de 2010 | 05h07

Pelo menos cinco supostos insurgentes morreram em um ataque com mísseis supostamente lançados por um avião não-tripulado dos EUA nas áreas tribais do noroeste do Paquistão, informou uma fonte oficial ao canal "Geo TV". O ataque aconteceu na sexta-feira à noite contra um recinto situado na conflituosa região tribal do Waziristão do Norte, junto ao Afeganistão, afirmou um funcionário do governo local. "Os relatórios iniciais dizem que pelo menos cinco pessoas morreram, e o número pode ser ainda maior", disse a fonte. Segundo fontes oficiais, o lugar atacado era um centro da rede insurgente Haqqani, também usado por guerrilheiros estrangeiros, cujas identidades não foram reveladas. Desde que começou o ano, pelo menos uma dúzia de ações similares aconteceram na mesma região. A Haqqani é um dos grupos rebeldes mais ativos no conflito armado entre os talibãs e o Exército e as tropas internacionais do Afeganistão.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoataquemísseisEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.