Clérigo xiita pede 'vingança' no Iraque contra ataques em Gaza

Muqtada al-Sadr conclama 'operações' no Iraque contra forças americanas em protesto a ofensiva de Israel

Agência Estado e Associated Press,

07 de janeiro de 2009 | 17h27

O clérigo xiita Muqtada al-Sadr pediu "operações de vingança" no Iraque contra as forças dos Estados Unidos, como forma de protesto contra a ofensiva de Israel na Faixa de Gaza. O comunicado do religioso desta quarta-feira, 7, ocorre no momento de crescimento das críticas a Israel, por causa das mortes de civis em Gaza. Veja também:Gabinete de Israel aprova ampliação da ofensivaApós trégua humanitária, violência retorna a GazaFrança provoca confusão ao anunciar cessar-fogo Trégua por 3h é piada, diz ex-relator da ONU brasileiro Especial traz mapa com principais alvos em Gaza Brasileiros que vivem em Gaza não querem sair Brasileiros que vivem na região falam sobre o conflito Bastidores da cobertura do 'Estado' em Israel Conheça a história do conflito entre Israel e palestinos  Veja imagens de Gaza após os ataques      Sadr também pediu que bandeiras palestinas sejam colocadas em mesquitas, igrejas e prédios no Iraque, como sinal de solidariedade. Os seguidores do clérigo já realizaram protestos contra a ofensiva israelense, iniciada em 27 de dezembro.  Porém, para o clérigo, é preciso fazer mais para protestar contra o "silêncio árabe" e os "massacres" cometidos pelo "inimigo sionista" sob "cobertura internacional dos Estados Unidos". Israel argumenta que atacou para interromper os lançamentos de foguetes feitos por militantes do grupo militante islâmico Hamas.

Tudo o que sabemos sobre:
HamasIsraelIraqueGaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.