Comboio de candidato favorito na eleição presidencial afegã é alvo de atentado

Duas bombas explodiram diante de um hotel no oeste de Cabul onde o candidato favorito na eleição presidencial afegã, Abdullah Abdullah, havia acabado de realizar um comício, destruindo um carro e ferindo seus guarda-costas, informou o candidato nesta sexta-feira.

REUTERS

06 de junho de 2014 | 08h14

A polícia disse que duas pessoas foram mortas e 16 feridas no ataque contra o comboio de Abdullah, o primeiro incidente do tipo na campanha eleitoral afegã.

"Quando eu estava deixando o comício do Partido da Unidade Islâmica do Povo, um dos meus carros foi atingido por uma bomba colocada na via e danificado", disse Abdullah em outro evento de campanha logo depois.

Não ficou claro de imediato em qual carro estava Abdullah no momento do atentado.

(Reportagem de Mirwais Harooni e Jessica Donati)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOPRESIDENTEATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.