Condoleezza Rice faz visita surpresa a Bagdá

Objetivo da visita é 'aproveitar os avanços alcançados e estimular a reconciliação política e ações legislativas'

Efe,

15 de janeiro de 2008 | 05h19

A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, chegará nesta terça-feira, 15, a Bagdá, em uma viagem-surpresa, para se reunir com membros do governo iraquiano e apoiar as reformas legislativas, informou o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional americano, Gordon Johndroe. "O presidente George W. Bush e a secretária Rice acharam que seria uma boa oportunidade para ela ir para Bagdá e se reunir com os líderes iraquianos", disse Johndroe em Riad, aonde os dois chegaram na segunda-feira, na sua viagem pelo Oriente Médio. O objetivo da visita ao Iraque é "aproveitar os avanços alcançados e estimular a reconciliação política e ações legislativas", acrescentou. A secretária de Estado chegou a Bagdá por volta das 10 horas (5 horas de Brasília). Ela não passará a noite na capital iraquiana, e voltará nesta terça-feira a Riad, informou o funcionário. Na quarta-feira, Rice vai com Bush à cidade egípcia de Sharm el-Sheikh, onde terminará a viagem de oito dias do presidente dos Estados Unidos pelo Oriente Médio. Na semana passada, analistas americanos tinham especulado com a possibilidade de o próprio Bush visitar o Iraque. Mas ele só chegou a 200 quilômetros da fronteira, durante uma parada na base militar americana de Arifjan, no Kuwait, dia 12. No mesmo dia, o Parlamento iraquiano aprovou a lei que reabilita antigos membros do partido Baath, do ex-ditador Saddam Hussein. Assim, eles poderão voltar a ocupar cargos públicos. O presidente considerou a decisão "um passo importante" para a reconciliação no Iraque. Os EUA defenderam a medida como uma forma de incorporar os sunitas iraquianos às estruturas de governo, agora dominadas pelos xiitas.

Tudo o que sabemos sobre:
Condoleezza RiceIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.