Confronto entre colonos judeus e palestinos deixa 10 feridos na Cisjordânia

Judeus invadiram vilarejo palestino em represália à demolição de construções judias ilegais

AP e Reuters,

26 de julho de 2010 | 17h40

Jovem palestino joga pedras contra colonos judeus que entraram na vilarejo de Burin

 

JERUSALÉM - Colonos judeus entraram em confronto nesta segunda-feira, 26, com palestinos após ingressarem em um vilarejo na Cisjordânia, em aparente retaliação à demolição de assentamentos judeus ilegais por autoridades. Dez pessoas ficaram feridas após se enfrentarem com pedras.

 

A violência ocorreu depois de autoridades israelenses destruírem um refúgio em um posto militar construído sem autorização do governo. Alguns colonos adotaram a política de atacar palestinos quando o executivo israelense toma medidas contra as construções feitas sem aprovação em seus assentamentos.

 

Um porta-voz da polícia israelense afirmou que os colonos entraram no povoado de Burin, onde ocorreram os enfrentamentos. Entre os feridos, cinco são palestinos e quatro são colonos judeus, um deles em estado grave. Um fotógrafo da AP foi levemente ferido por uma pedra.

 

Ahmad Dar Eid, que mora em Burin, disse que cerca de 70 colonos invadiram o vilarejo e danificaram uma casa recém-construída. O dono e seus filhos brigaram com os israelenses. Outros moradores entraram na briga antes que as forças israelenses restaurassem a ordem.

 

Na manhã de segunda, autoridades israelenses demoliram várias estruturas construídas sem permissão por colonos na área. O governo israelense tem feito tentativas para controlar construções sem autorização em West Bank, onde vivem cerca de 300.00 colonos judeus entre 2,5 milhões de palestinos.

 

Palestinos e grupos de direitos humanos frequentemente acusam Israel de não fazer o suficiente para proteger os vilarejos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.