Confrontos na cidade líbia de Zawiyah matam 23, diz jornal

Vinte e três pessoas morreram e 44 ficaram feridas na cidade de Zawiyah, na Líbia, nos confrontos de quinta-feira entre os oponentes do líder Muammar Gaddafi e as forças leais a ele, informou o jornal líbio Quryna.

REUTERS

24 de fevereiro de 2011 | 15h26

Citando fontes médicas, o Quryna disse que uma "intensa troca de tiros" impedia que as pessoas feridas nos confrontos chegassem aos hospitais.

O jornal também afirmou que alguns homens retiraram seus parentes feridos dos hospitais por temer que eles caíssem nas mãos do que chamaram de batalhões de segurança, em uma aparente referência aos partidários de Gaddafi.

Sediado na cidade de Benghazi, no leste do país, o Quryna é o veículo de comunicação mais confiável da Líbia.

(Reportagem de Souhail Karam e de Marie Louise Gumuchian)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIACONFRONTOZAWIYAH*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.