Confrontos na Síria deixam ao menos 56 mortos, diz oposição

O número de mortos em um ataque das forças sírias na terça-feira na província de Idlib, no norte, chegou a pelo menos 56, afirmou nesta quarta-feira o grupo oposicionista Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

REUTERS

21 de dezembro de 2011 | 07h25

O grupo, com sede na Grã-Bretanha, disse ter registrado o nome de 56 "cidadãos e ativistas procurados" que foram mortos, mas dezenas de outros podem ter morrido.

Um dos integrantes do Observatório, Rami Abdulrahman, disse que um ativista da área informou que 121 corpos haviam sido levados a hospitais.

É difícil checar os acontecimentos relatados na Síria porque o governo proibiu o trabalho da maioria da mídia independente.

(Reportagem de Dominic Evans)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIAMORTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.