Conselho de Segurança amplia papel político da ONU no Iraque

Atendendo ao governo, Nações Unidoas ajudarão a promover negociações entre grupos étnicos e religiosos

Agências internacionais,

10 de agosto de 2007 | 12h15

O Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade uma resolução expandindo o papel das Nações Unidas no Iraque. Após pedido do governo iraquiano, a ONU poderá ajudar a promover negociações entre os diferentes grupos étnicos e religiosos do país e um diálogo regional sobre questões como segurança das fronteiras, energia e refugiados.   O novo mandato para a Missão de Assistência da ONU ao Iraque, de 4 anos, acrescentará deveres às suas antigas funções de ajudar em eleições e na monitoração dos direitos humanos. A nova responsabilidade exigirá aumento do número de funcionários em Bagdá, segundo avaliação de autoridades.   A resolução foi preparada pelos Estados Unidos e pelo Reino Unido, que invadiram o Iraque em 2003 e derrubaram Saddam Hussein.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.