Conselho líbio pode adiar formação de governo de novo, diz fonte

Importantes membros do Conselho Nacional de Transição da Líbia estão inclinados a adiar mais uma vez os planos de formação de um governo interino porque não estão de acordo sobre seus integrantes, disse uma fonte próxima ao grupo à Reuters, neste domingo.

EMAD OMAR, REUTERS

25 Setembro 2011 | 16h54

Membros do conselho, governantes da Líbia desde a deposição de Muammar Gaddafi no mês passado, já adiaram a formação de um governo e novos adiamentos podem ferir a credibilidade do grupo como entidade capaz de unir as tribos e regiões divididas do país.

Abdel Hafiz Ghoga, importante membro do conselho, afirmou à Reuters na semana passada que um governo interino seria anunciado nos próximos dias.

Mas a fonte próxima do conselho afirmou neste domingo: "Há desentendimentos sobre alguns currículos, então a tendência é prorrogar o mandato do conselho enquanto algumas discussões continuam para a formação do governo interino."

A emissora de televisão al Arabiya divulgou que o conselho decidiu prorrogar o mandato do governo atual até que os bolsões remanescentes de aliados armados de Gaddafi sejam derrotados e que todo o país passe ao controle do conselho.

Mais conteúdo sobre:
LIBIA CONSELHO ADIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.