Deputado do Irã anuncia licitação para 19 usinas nucleares

O Irã divulgará em breve uma concorrênciainternacional para a construção de 19 usinas nucleares, disseum deputado uma semana depois de a Rússia anunciar o início daentrega de combustível à primeira usina atômica iraniana. Kazem Jalali, que representa o comitê de segurança nacionale política externa do Parlamento, disse em entrevista publicadapela imprensa local que cada usina terá capacidade para 1gigawatt. Quarto maior exportador mundial de petróleo, o Irã estásubmetido a sanções da ONU devido à suspeita de que possadesenvolver armas nucleares. Teerã diz que o objetivo de seuprograma atômico é apenas gerar eletricidade com fins civis. AONU discute atualmente um terceiro pacote de punições ao país. Moscou anunciou no dia 17 a primeira entrega de combustívelnuclear à usina de Bushehr (sul do Irã), o que segundo a Rússiae os EUA pode convencer Teerã de que não há necessidade deenriquecer urânio domesticamente. O Irã, porém, se recusa a suspender o enriquecimento,processo que pode gerar material para usinas civis ou, commaior grau de pureza, para armas. As autoridades iranianasdizem que o combustível nacional é necessário para outrasusinas, já que o objetivo é ter uma rede com capacidade para 20gigawatts até 2020. "O contrato para a construção de 19 usinas nucleares serálevado a concorrência internacional num futuro próximo," disseJalali em declarações difundidas no domingo pela agência Irna. Outra fonte iraniana disse em abril que Teerã lançarialicitações para duas usinas nucleares. Na semana passada, a empresa russa responsável pelaconstrução de Bushehr disse que essa usina só estará pronta apartir do final de 2008, pelo menos. O custo dessa obra é de 1bilhão de dólares. Segundo a Rússia, há supervisão da Agência Internacional deEnergia Atômica (AIEA, um órgão da ONU) nas obras, o que afastaa possibilidade de uso militar para o combustível ou atecnologia de Bushehr. (Por Fredrik Dahl)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.