Diálogo entre EUA e Taliban é apenas 'exploratório'--embaixador

O Taliban afegão e os Estados Unidos fizeram apenas contatos "exploratórios" para uma possível reconciliação sem a participação do governo de Cabul, disse nesta quinta-feira o embaixador afegão no Paquistão.

SERENA CHAUDHRY, REUTERS

16 de fevereiro de 2012 | 15h57

O Wall Street Journal publicou que os governos norte-americano e afegão deram início a conversações secretas com o Taliban, com base em uma entrevista com o presidente do Afeganistão, Hamid Karzai.

"Devo enfatizar a palavra 'exploratório'. Não são conversações", disse o embaixador afegão no Paquistão, Umar Daudzai, à Reuters.

"Quando houver conversações, supostamente serão entre o governo afegão e o Taliban. Ainda não chegamos a esse estágio, embora queiramos chegar lá."

O Wall Street Journal publicou ainda que Karzai disse que o Taliban está "definitivamente" interessado em um acordo de paz para acabar com os dez anos de guerra no Afeganistão e que as três partes estão atualmente envolvidas nas discussões.

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAODIALOGOEXPLORATORIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.