Doadores prometem US$400 mi em ajuda à Síria, diz agência

Organizações não governamentais prometeram doar juntas 400 milhões de dólares em ajuda humanitária para a Síria antes de uma conferência internacional de doadores a ser realizada no Kuweit, informou nesta terça-feira a agência oficial de notícia do país do Golfo Pérsico.

Reuters

14 de janeiro de 2014 | 08h55

A conferência de doadores, que começa na quarta-feira, tem como objetivo ajudar a Organização das Nações Unidas (ONU) a levantar 6,5 bilhões de dólares em 2014 para a Síria e países vizinhos. Esse é o maior apelo por ajuda na história da organização.

Uma reunião de doadores similar realizada no ano passado no Kuweit arrecadou 1,5 bilhão de dólares, principalmente de países do Golfo, para fornecer alimentação, água potável e abrigo para os sírios dentro e fora do país.

A guerra civil na Síria matou mais de 100.000 pessoas e obrigou cerca de 2 milhões a fugir para o exterior, de acordo com a ONU. Outros 4 milhões estão deslocados no interior do país.

No total, apenas 70 por cento do financiamento de crise prometido para a Síria em 2013 foi recebido pela ONU, de acordo com o Serviço de Acompanhamento Financeiro da organização.

(Reportagem de Sylvia Westall)

Tudo o que sabemos sobre:
SIRIADOACOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.