Dois membros do Hamas morrem em confronto com rivais pró-Fatah

Dois oficiais de segurança do Hamasmorreram no sábado em confronto entre palestinos de seu grupoislâmico com um clã pró-Fatah na Faixa de Gaza, informaram oHamas e funcionários de um hospital. Segundo o hospital, cinco membros do Hamas e outras 30pessoas, incluindo membros do clã Helles, ficaram feridos. Esseclã é afiliado à facção Fatah, do presidente da AutoridadePalestina Mahmoud Abbas. Islam Shahwan, porta-voz de segurança do Hamas, disse queum oficial foi morto por explosivos e o outro por uma granadaarremessada por um lança-forguetes durante confronto nosubúrbio de Shejaia, na cidade de Gaza. Shahwan disse que o Hamas está conduzindo uma campanha paraprender membros do clã, que o grupo acredita estar por trás deuma série de ataques a bomba no território na semana passada.Em um deles, cinco membros do Hamas e uma garota morreram. "A família Heles se tornou uma força militar, e membros dafamília têm atacado, sequestrado e até matado pessoas. Nósdevemos colocar um fim aos seus ataques a pessoas inocentes",disse Ehab al-Ghsain, porta-voz do Ministério do Interior,controlado pelo Hamas. "Todas as tentativas de convencê-los a entregar suspeitosfalharam", disse ele, acrescentando que dezenas de pessoasforam presas durante os confrontos. O clã Helles tem negado envolvimento nos ataques. Ahmed Helles, um dos mais velhos membros do clã eimportante autoridade do Fatah em Gaza, prometeu continuarlutando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.