Dois militares foram mortos em ataque nos arredores de Islamabad

Os postos de controle policial estão em alerta e as autoridades ordenaram uma investigação

Efe,

22 de outubro de 2009 | 04h52

Pelo menos dois militares, entre eles um alto de comando, morreram nesta quarta-feira, 21, e outro ficou ferido em um ataque com disparos perpetrado por um grupo de insurgentes nos arredores de Islamabad, informou uma fonte policial.  Os insurgentes iam em motocicletas e abriram fogo contra um veículo do Exército no setor G-11 da capital paquistanesa, segundo a fonte, citada pela rede "Geo TV".

A Polícia isolou a zona e lançou uma operação para capturar os insurgentes, que fugiram.

Todos os postos de controle policial situados nos arredores foram estão em alerta máximo e as autoridades ordenaram uma investigação para esclarecer o crime.

O Exército paquistanês iniciou no sábado uma operação de grande escala no reduto da insurgência talibã, a região tribal do Waziristão do Sul.

A ofensiva chegou após uma onda de atentados terroristas que deixaram quase 200 mortos nas últimas semanas. O último ataque terrorista aconteceu na terça-feira, também em Islamabad, onde dois suicidas acabaram com a vida de pelo menos seis pessoas em uma dupla ação terrorista na Universidade Islâmica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.