Dois soldados americanos morrem em ataques em Bagdá

Um deles foi baleado por rebeldes; o outro morreu na explosão de uma bomba colocada em uma estrada

Efe,

30 de abril de 2008 | 04h44

Dois soldados do Exército dos Estados Unidos morreram no Iraque em diferentes ataques perpetrados pela insurgência no noroeste de Bagdá, capital do Iraque, informou nesta quarta-feira, 30, o comando militar americano em comunicado.  O primeiro deles morreu na terça-feira após ter sido baleado por rebeldes que o atacaram por volta das 20h50 (13h50 de Brasília), no noroeste da capital. Um segundo soldado americano morreu na explosão de uma bomba colocada junto a uma estrada durante a passagem do veículo militar no qual viajava, depois das 22 horas (15 horas de Brasília), também na terça-feira. A identidade dos dois militares não será revelada até que seus familiares sejam informados sobre as mortes.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueBagdáEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.