Dois soldados britânicos morrem em explosão no Afeganistão

Vítimas chegaram a ser levadas de helicóptero para um hospital em uma base, mas não resistiram

Efe,

31 de março de 2008 | 02h26

Dois soldados britânicos da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) morreram devido a uma explosão ocorrida quando participavam de uma patrulha rotineira no sul do Afeganistão.   A explosão aconteceu no domingo, 30, e os soldados do Comando 40 dos Royal Marines foram levados por via aérea a um hospital de Camp Bastion, uma base britânica situada na província afegã de Helmand.   Uma das vítimas já chegou morta ao centro, enquanto o outro soldado morreu pouco depois, segundo a Isaf. A nacionalidade dos soldados ainda não foram divulgadas.   No sul do Afeganistão estão destacados 12.000 soldados da Isaf, sobretudo americanos, britânicos, holandeses e canadenses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.