Doze civis afegãos são mortos em ataque aéreo

Onze crianças e uma mulher foram mortas em um ataque aéreo durante uma operação da Otan que tinha como alvo líderes talibans no leste do Afeganistão, disseram autoridades da região neste domingo.

Reuters

07 de abril de 2013 | 11h32

Mortes de civis têm sido uma fonte de atrito entre o presidente afegão Hamid Karzai e seus apoiadores internacionais.

Karzai proibiu tropas afegãs de organizar ataques aéreos e a Otan aconselhou suas forças a não atirar ou bombardear áreas povoadas.

Seis insurgentes -- dois deles, altos dirigentes do Taliban -- foram mortos durante a operação em uma vila do distrito de Shigal, na província de Kunar, região que faz fronteira com o Paquistão, disse o Ministério do Interior em um comunicado.

O ministério não mencionou as vítimas civis, mas Wasefullah Wasefi, porta-voz do governador da província, afirmou que casas civis foram atingidas durante o ataque aéreo.

"Onze crianças e uma mulher foram mortas quando um ataque aéreo atingiu suas casas", disse Wasefi.

As mortes ocorreram no mesmo dia em que um carro-bomba matou cinco americanos, incluindo três soldados norte-americanos e uma jovem diplomata, na província de Zabul.

(Por Mohammad Anwar)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOATAQUECRIANCAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.