Duas bombas explodem em residência de embaixador do Irã na Líbia

Duas bombas explodiram no portão da residência do embaixador iraniano na capital da Líbia, Trípoli, neste domingo, sem deixar feridos, disseram autoridades de segurança líbias, em ataques reivindicados por militantes que alegaram lealdade ao Estado Islâmico.

REUTERS

22 de fevereiro de 2015 | 11h31

A agência de notícias oficial iraniana Irna confirmou as explosões e disse que não houve vítimas, acrescentando que o Irã suspendeu anteriormente as operações na embaixada.

"Dois dispositivos foram lançados, um explodiu primeiro e depois o outro. O objetivo da segunda bomba foi criar confusão", disse o coronel Jumaa al-Mashri, da Agência de Segurança Nacional, à emissora al-Nabaa com sede em Trípoli.

Militantes alegando lealdade ao Estado Islâmico disseram estar por trás dos ataques à residência, assim como do ataque ocorrido na noite de sexta para sábado no aeroporto de Labraq, que também não deixou feridos, segundo comunicado do grupo publicado no Twitter neste domingo.

(Por Ahmed Elumami e Omar Fahmy)

Tudo o que sabemos sobre:
LIBIAIRAEXPLOSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.