Duas pessoas são mortas em ataques em Bagdá

Uma das vítimas é um oficial da Polícia que trabalhava no Ministério do Interior iraquiano

EFE,

22 Julho 2007 | 06h51

Pelo menos duas pessoas morreram, uma delas um oficial de Polícia, e cinco ficaram feridas em dois ataques perpetrados neste domingo, 22, por insurgentes em Bagdá, informaram fontes policiais iraquianas. As fontes explicaram que o oficial de Polícia, identificado como Falah Khalaf Jaber, trabalhava no Ministério do Interior iraquiano. Jaber perdeu a vida quando um grupo de rebeldes disparou contra o veículo que conduzia no bairro Awr, no leste da capital, explicaram as fontes. Em outro ataque, um civil morreu e outros cinco ficaram feridos na explosão de uma bomba na passagem de um microônibus pelo bairro Al-Amin, no leste de Bagdá, indicaram as fontes sem fornecer mais detalhes. A explosão aconteceu um dia depois que outra bomba explodir perto de um microônibus também no leste da capital, causando cinco mortos e oito feridos, segundo a Polícia iraquiana. Esses novos ataques ocorreram apesar da continuação do plano de segurança "Aplicamos a Lei", vigente em Bagdá e em suas cercanias desde 14 de fevereiro para pôr fim à violência.

Mais conteúdo sobre:
ataquesbagdámortosexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.