É hora de 'puxar o gatilho' contra o Irã, diz senador americano

Para McCain Estados Unidos têm ajido de froma muito tímida na questão

AP

14 de abril de 2010 | 13h05

WASHINGTON - Um senador Republicano disse que os Estados Unidos estão dando para trás na guerra contra o Irã, enquanto o país avança em seu objetivo de possuir armamentos nucleares.

 

O senador John McCain abriu os discursos do Senado dizendo que o Irã conseguirá a bomba a não ser que os Estados Unidos ajam com mais firmeza. Ele não fez nenhum discurso explícito chamando por uma guerra, mas sugeriu que os EUA têm agido de forma muito tímida.

 

Falando no sentido figurado, McCain disse que os Estados Unidos continuam apontando uma arma carregada para o Irã, mas têm falhado em puxar o gatilho.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAIrãMcCainarmas nucleares

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.