Mohammed Abu Zaid/Reuters
Mohammed Abu Zaid/Reuters

Egípcios aprovam mudanças na Constituição

As eleições parlamentares no país podem ser convocadas em setembro

REUTERS

20 de março de 2011 | 15h07

A maioria dos egípcios que votaram em um referendo aprovaram mudanças constitucionais que permitirão a passagem do domínio militar para eleições democráticas, anunciou uma autoridade judicial neste domingo.

As eleições parlamentares podem ser convocadas em setembro.

Mohammed Ahmed Attiyah, diretor do Comitê Supremo Judicial que supervisionou o referendo, disse a jornalistas que 77 por cento das mais de 18,5 milhões de pessoas que votaram aprovaram as mudanças. O comparecimento às urnas foi de 41,2 por cento, entre 45 milhões de eleitores, disse ele.

A Irmandade Muçulmana e dissidentes do partido do ex-presidente Hosni Mubarak pediram votos pelo "sim", e analistas disseram que eles serão os mais beneficiados em uma eleição próxima. Reformistas pediram votos pelo "não", dizendo que queriam uma reformulação da Constituição.

(Reportagem de Yasmine Saleh e Sarah Mikhail)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOREFERENDOSIM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.