Egito transfere 11 palestinos de Gaza para hospital no Cairo

Desde que Israel começou a atacar Gaza, país já aceitou 36 palestinos, de 150 feridos graves nos bombardeios

30 de dezembro de 2008 | 09h59

Uma fonte médica egípcia disse nesta terça-feira, 30, que 11 palestinos foram transportados hoje de Gaza para um hospital no Cairo pela passagem fronteiriça de Rafah. Veja também: Conheça a história do conflito entre Israel e palestinos Barco de ajuda humanitária é impedido de ir à Gaza Veja imagens de Gaza após os ataques   Segundo Ahmed Abdel-Nabi, vice-gerente do hospital Instituto Nasser, eles estão em estado grave e devem passar por cirurgia. Desde que Israel começou a atacar Gaza, no sábado, o Egito já aceitou 36 palestinos, de 150 feridos graves nos bombardeios. A maioria dos hospitais de Gaza está sobrecarregada e sem remédios.   O Egito tem enfrentado críticas de setores da comunidade árabe internacional, principalmente Irã e Hezbollah, que o acusam de colaborar com o bloqueio de Israel a Gaza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.