Em festa de aniversário, Hamas alerta para nova intifada

O Hamas ameaçou lançar um novo levantecontra Israel no sábado quando milhares de islamitasparticipavam de uma manifestação em Gaza para marcar oaniversário de 20 anos do grupo. "Nossa gente é capaz de lançar uma terceira e uma quartaintifada até que o amanhecer da vitória aconteça", disse KhaledMeshaal, o líder exilado do grupo em um discurso gravado nasexta em sua base em Damasco. A praça central de Gaza estava coberta de bandeiras verdes.Dezenas de homens armados e mascarados do braço militar dogrupo patrulhavam a multidão estimada entre 300.000 e 500.000pessoas. O líder do Hamas em Gaza, Ismail Haniyeh, disse que omovimento estava se tornando mais popular devido à sua posiçãocontra os Estados Unidos e Israel. "Hoje é o dia da Jihad, resistência e levante", disseHaniyeh. "Aqueles que permanecem comprometidos com os direitos destepovo, aqueles que fazem da América e da ocupação sionista(Israel) um inimigo ganham popularidade. Este é o Hamas". Fundado em 1987 pelo xeique Ahmed Yassin, que foi mortodurante um ataque aéreo israelense em 2004, o grupo tem umacarta de reivindicações que pede a eliminação do Estado judeu eo estabelecimento de um Estado islâmico em todo o território daPalestina anteriormente administrado pelos britânicos.A tensão entre o Hamas e a facção Fatah do presidentepalestino, Mahmoud Abbas, está alta. O protesto foi realizado onde sete membros do Fatah forammortos por atiradores no mês passado enquanto celebravam oquinto aniversário da morte do líder palestino Yasser Arafat. O Hamas disse que Abbas proibiu manifestações similarespró-Hamas na Cisjordânia, onde o presidente palestino têm maiorinfluência. Meshaal disse que Abbas, cuja administração é apoiada peloOcidente, não tem o apoio dos palestinos. "Quem pensa que sua legitimidade vem do apoio internacionalestá iludido, a legitimidade vem das pessoas", disse Meshaal. (Reportagem de Nidal a-Mughrabi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.