Engenheiros turcos são sequestrados no Afeganistão

Quatro engenheiros turcos que trabalhavam no projeto de construção de uma estrada foram sequestrados por homens armados no leste do Afeganistão, disse neste domingo uma autoridade governamental.

REUTERS

26 de dezembro de 2010 | 12h44

O sequestro se tornou um negócio lucrativo no Afeganistão nos últimos anos, como parte da insurgência liderada pelo Taliban e por grupos de criminosos com motivações financeiras.

O incidente, que envolveu os quarto turcos e seu motorista, ocorreu no distrito de Dande Patan, na província de Paktia, na fronteira com o Paquistão, afirmou o líder distrital Niyaz Mohammad Khalil.

"Eles estavam envolvidos na construção de uma estrada e foram sequestrados por homens armados desconhecidos em um veículo", afirmou Khalil à Reuters. Não havia outros detalhes imediatamente disponíveis.

Paktia é um reduto da insurgência, com atividades do Taliban e militantes da rede Haqqani, ligada à Al Qaeda, além de gangues de criminosos.

A violência no Afeganistão está em seu ponto mais relevante desde que o Taliban foi derrubado do poder por forças afegãs apoiadas pelos Estados Unidos no final de 2001, com mortes de civis e militares atualmente em números recordes.

No sábado, o governo alemão informou que um cidadão do país, que trabalhava com ajuda humanitária, foi morto em um ataque no norte da nação no dia anterior. O Ministério do Desenvolvimento alemão afirmou que a vítima estava coordenando a construção de estradas.

No passado, gangues criminosas e o Taliban libertaram alguns reféns após resgates pagos ou como parte de uma troca de prisioneiros, mas eles também mataram reféns afegãos e estrangeiros quando suas exigências não foram atendidas.

Dois jornalistas de uma emissora de televisão francesa foram sequestrados pelo Taliban em Kapisa, a nordeste de Cabul, há quase um ano.

A ministra francesa das Relações Exteriores, Michele Alliot-Marie, afirmou na semana passada que espera ver ambos libertos depois do aparecimento de um vídeo que os mostravam com boa saúde.

Um holandês que também trabalhava com ajuda humanitária e seus motorista afegão, sequestrados no norte do Afeganistão em outubro, foram libertados no começo de dezembro.

(Reportagem de Elyas Wahdat em Krost)

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTAOSEQUESTROTURCOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.